Os Natais em casa eram simples. Durante um bom tempo, eu acreditava que Papai Noel trazia os presentes, e ficava ansiosa para acordar e ver o que havia debaixo da pequena árvore que minha mãe montava. Meus pais nunca tiveram dinheiro para me dar a boneca da ‘moda’, mas isso fazia toda a diferença, pois minhas bonecas eram diferentes e originais! 

Geralmente ganhava uma só, mas um ano ganhei 2 ao mesmo tempo, e foi o máximo! Eram bebês ‘gêmeas’, a Risinho e a Beicinho, elas vinham vestidas de pijaminha, a Risinho de rosa e a outra de azul. Confesso que sempre me identifiquei mais com a que tinha cara de choro, Beicinho.., ela necessitava de mais cuidados, era mais carente.., enquanto a Risinho me parecia meia metida, no seu riso fácil e inócuo…

Lembro também quando ganhei uma boneca alemã, de tranças loiras e botinhas de camurça bordô, que iam por cima do sapatinho branco de plástico, ela se chamava Zizi. Esse talvez foi meu primeiro presente ‘étnico’…, e eu a adorava!

O must foi quando tive a Miss Universo – a Estrela fez uma edição especial de bonecas, quando a Ieda Maria Vargas, brasileira, foi eleita Miss Universo, isso lá pelos idos de 1963, eu tinha então 7 anos.  Foi a boneca mais ‘famosa’ da minha infância, eu e minha prima ganhamos a mesma boneca, só que a minha veio em traje de gala!! Azul, com coroa e tudo, e a dela vinha em traje típico, a minha era muuuiiiito mais chiquérrima, eu pensava, e a exibia com orgulho…

Ah! doces lembranças de infância. Depois eram a casa das avós, os primos, a mesa farta.  Lembro que de criança fazíamos uma brincadeira (meio perversa) que era perguntar em que idade você gostaria de ser mais feliz: infância, quando adulta ou na velhice, e só podia escolher 2 alternativas – eu sempre escolhia a infância e a velhice, porque acreditava que com uma infância feliz poderia suportar qualquer coisa durante a maturidade, e velhice.., bom, todos os idosos querem ter uma velhice boa, não é mesmo?

Posso garantir que minha infância foi muito, muito feliz, e me deu o suporte de lembranças suficientes para uma longa vida…

Bjs, e tenham todos um feliz dia de Natal!!  Vania.

Anúncios