Seguem as frases para identificar o terceiro e último tipo de constituição física.  Vão somando seus pontos dentro daquela escala de 6, que no final vou passar dicas para ‘reduzir’ as agravações de cada tipo.

Lá vão as primeiras 10:

1. Eu me considero muito eficiente

2. Costumo ser extremamente preciso e organizado nas minhas atividades

3. Tenho a mente decidida e resoluta e sou um tanto ou quanto enérgico

4. Sinto um mal-estar ou fico facilmente fatigado no calor, mais do que outras pessoas

5. Transpiro com facilidade

6. Embora nem sempre o demonstre, fico irritado e zangado com bastante facilidade

7. Não me sinto bem quando pulo uma refeição, ou se o almoço ou jantar atrasam

8. Meu cabelo tem uma das seguintes características: tendência a ficar grisalho ou calvo cedo; fino e liso; louro, ruivo ou cor de areia

9. Tenho muito apetite, consigo comer uma grande quantidade de comida se desejar

10. Muitas pessoas me consideram teimoso

Um pouco de background sobre a Ayurvédica: seus princípios estão nos Vedas, que datam de 1.500 ac; os Rishis, homens sagrados daquela época que compilaram essa espécie de escrituras indianas, receberam as informações diretamente do Cosmos, através de meditações profundas; dizem que eles ‘viam’ a Verdade. A medicina ayurvédica nasceu de uma observação do macrocosmo, do sublime silêncio que contém todo o conhecimento da humanidade, e a memória sagrada de todos os tempos, nossa memória cognitiva (alguma semelhança com o inconsciente coletivo de Jung não é mera coincidência..)

Não é somente um sistema que trata preventivamete da saúde e da cura de males físicos, mas também um modo de vida.  Raramente trata dos sintomas, mas das causas das doenças.

Eles falam sobre coisas que o Ocidente está descobrindo agora.., por exemplo – que as causas das doenças vêm das transgressões das leis da Natureza e de hábitos que vão contra nossa sabedoria interior (exatamente o que fala Dr Bach).

Também dizem que as doenças se originam tanto de causas físicas ou kármicas:

– as primeiras são resultados dos abusos dos nossos sentidos, como alimentação imprópria, ou ignorar as estações do ano e mesmo os ciclos de nossa própria natureza/as fases da vida

– as kármicas vêm das ações das vidas passadas; eles dizem que trazemos conosco vida após vida, nosso instrumental psíquico – ou antahkarana em sânscrito – que é composto pelo intelecto, mente e ego; só vamos superar essas questões quando conseguirmos nos livrar dos nascimentos cíclicos (gente, então relaxa.., pára de gastar dinheiro na terapia que nessa vida não tem mais jeito…hehe)

Bom, a proposta dessa medicina é remover as causas das doenças estabelecendo o equilíbrio do nosso sistema – inclusive as kármicas!!! Êba!!! Que poderosa, hein?!

E vamo que vamo!! Bjkas, Van.

Anúncios