Caros amigos e amigas, se a sua pontuação indicou que você tem tendências para Kapha, aí vão algumas dicas para vc chegar ao equilíbrio:

– fazer refeições em horários regulares, evitando comer fora de hora; comer em menor quantidade; eles aconselham ao menos um jejum por mês e comer pouco no café da manhã (não consigo.., não dá… parece que os Kaphas são a maior % de desistência dos tratamentos na clínica.., pq será?!?)

– dar preferência a alimentos mais secos; usar temperos picantes suaves

– não dormir após as refeições (humm…tá difícil..)

– preferir frutas secas, maçãs, romãs e amoras (parece que frutas vermelhas em geral são boas para essa tipologia); evitar frutas muito ácidas ou com excesso de água como melão, melancia, abacate, maracujá, caqui, laranja, abacaxi, e também bananas (mas eu adoro!..); dizem que até água de coco incha Kapha, ou mesmo água pura!!! Ah, pára!…

– todos vegetais são bons, cozidos no vapor com massala (mistura de temperos indianos); crus só no calor; evitar tomates (eu adoro…!); os melhores: aipo, brócolis, cenouras, vagens, ervilhas, cogumelos, beterraba, alface, espinafre, couve-flor

– melhores grãos: cevada, milho, centeio, painço, trigo sarraceno, arroz basmati; evitar aveia, trigo e arroz (tb adoro..!)

– feijões são bons em geral, melhores: azuki, soja, lentilhas, ervilhas secas, feijões comuns

– nozes e sementes não são boas para Kapha, apenas sementes de girassol e abóbora

– melhores óleos: mostarda, girassol, açafrão, canola; evitar manteiga, óleo de gergelim, de oliva, e de amêndoas

– laticínios devem ser abandonados…; exceção – leite de cabra e soja

– especialmente bons são os temperos picantes; evitar sal (Kapha tem tendência a retenção de líquidos, lembra que um de seus elementos é a Água?); pequenas quantidades de sal apenas no verão

– temperos ideais: pimenta-do-reino, malagueta, semente de mostarda, gengibre, cúrcuma (açafrão), coco, cardamomo, cominho, canela, coentro, manjericão

– não tomar água gelada; prefira chás com ervas digestivas, como erva doce, hortelã, com gengibre ou canela, ou adstringentes como dente-de-leão

– adoçantes: mel ou stévia

Diz o livro ‘Life in Balance’ de Maya Tiwari, já citado posts atrás, que o exercício preferido de Kapha é o caminho que vai da cama à geladeira, e seu movimento predileto é levar a mão do prato à boca, enquanto está luxuriosamente reclinado num divã…acho que é uma injustiça isso… apenas uma figura de linguagem…hehehe

Mas também ela diz que Kaphas são árduos trabalhadores, e estão sempre prontos a ajudar as pessoas.  São naturais provedores do lar e tendem a assumir as responsabilidades familiares.  Típico Kapha: aquele que prepara uma refeição para 20 pessoas, quando apenas 6 vêm almoçar…, captou?

A estação de Kapha é o final do inverno e início da primavera, quando suas maiores dificuldades surgem, especialmente a letargia (ah, tá explicado, a culpa é da primavera..). É o tipo que precisa estar mais comprometido a manter uma vida não-sedentária, ele tem que lutar contra sua inclinação natural.. (de ficar no divã..). Tipos Kapha pensam muito antes de agir, e planejam seus movimentos com antecedência, tudo na intenção de poupar a sua energia.. poupa tanto que acaba armazenando, em outras palavras, engordando né..

Atividades que combinam com Kapha: jardinagem (gostei!), prática de esportes, redecorar a casa (muito bom..), varrer as folhas do outono. É o tipo que precisa ver o resultado do seu trabalho/exercício muito rápido, senão acaba abandonando. Longos programas de dietas ou exercícios não funcionam para Kapha, eles acabam desistindo..

Agravações de Kapha ocorrem entre as 6hs e 10hs (idem 18hs e 22hs), é o horário em que a energia Kapha está mais ativa. Seus dias começam melhor com uma rotina de uma boa ducha, meditação, yoga ou prática de exercício. O almoço deve ser seguido por uma breve caminhada, 15 ou 20′.  Ideal para esse tipo é dormir e acordar cedo.

Agravações de Kapha podem incluir excesso de muco ou pigarra, retenção de líquido, metabolismo e digestão lentos, inchaços, etc.

A fase da vida em que a energia Kapha está mais presente é a infância; esse tipo se destaca por ser emotivo, amoroso, afetuoso, ‘doce’, e generoso.

Bom, galera por enquanto é isso.  Lembrem-se também que essa tipologia não é estanque nem estática. Ela muda cf. a fase da vida e as estações do ano; e os tipos se combinam, vc poder Kapha-Pitta, ou Vata-Kapha, e assim por diante.. (a primeira designação é a dominante e a outra é secundária). Dizem que tipos puros, tipo Pitta-Pitta são raros, mas vc pode até conhecer alguém…

Bjs e um bom dia a todos !! Van.

Anúncios