Hoje fiz uma entre as 10 coisas que mais gosto de fazer: 3. passear (e comer) na Liberdade (ou furi damu em japonês) Realmente, devo ter algum pezinho no Oriente, de outras encarnações. Fico fascinada com a comida, as cerâmicas, e aquele monte de ‘cacareco’ que você encontra naquelas lojinhas apinhadas de gente.., preciso conter minha compulsão de comprar coisinhas inúteis..hehe

Até que hoje não estava muito cheio, por causa do carnaval a cidade está meio vazia.

Heraldo me levou para comer num lugar muito curioso, onde o chef faz macarrão fresco na hora, na mão, e transforma sob os seus olhos um montinho de massa em uma porção de fino talharine, sem usar qualquer máquina ou ferramenta, a não ser seus próprios dedos… amazing!  O macarrão fica tão comprido que é servido com uma tesoura (!) pra cortar..

  

O restaurante se chama Rong He Massa Chinesa, e fica na R. da Glória, 622. Se for, não perca o pastelzinho de nirá (uma verdurinha bem fininha e verde) com camarão..hum…a massa é deliciosa, e a cozinha pitoresca. 

Vale o passeio, é uma boa justificativa para depois fazer a digestão de loja em loja…. Não resisto a algumas guloseimas, conservinhas, suco de aloe vera, mini-tupperwares, uma passadinha na Ikesaki é de lei, a livraria do Sol na Praça da Liberdade então é uma tentação para quem gosta de artesanato.., uma loucura! Revistas de bichos fofos de feltro, bolsas e tudo o mais em pathcwork que você possa imaginar, fora as barraquinhas da feira ‘hippie’, que de hippie não tem nada.., consegui comprar algumas espátulas de bambu que servem como stecas para cerâmica e são baratinhas…

Minha sugestão para amanhã, se estiver em SP: vá até a Liberdade, e…ha! E FELIZ ANO NOVO CHINÊS [xīn nián kuài lè!] – comemora-se de hoje para amanhã, bem-vindos ao ano do Tigre!!

Bom Carnaval para todos.. Van.

Anúncios