Por conta da Páscoa que se aproxima, aí vão meus bordados para a ocasião…adoro esses coelhos nas cestas e vasos, rodeados de cenouras!

Mas o que é a Páscoa para vocês? Um monte de chocolate? Uma afronta à sua dieta? Um pega-prá-capá, antes que os ovos acabem? Uma perda de tempo? Praia com cerveja?

Bom, quando eu era criança lembro muito bem da Páscoa na casa das minhas avós – era almoço na casa de uma, jantar na casa da outra. Eu e meu irmão ganhávamos muuuiiitos ovos de chocolate. O ‘must’ da época eram os SONKSEN! Lembram? Quem tiver menos de 50 anos não vai saber do que estou falando.

O chocolate era de ótima qualidade, grosso e macio…hhuum, e as embalagens vinham decoradas com flores de feltro (última moda vintage..), coladas sobre papel alumínio de várias cores, tudo envolto em celofane transparente. Eram o desejo maior, e também os mais caros.

Não achei imagem dos ovos daquela época, mas existiam também as balas Sonksen, de latinha – engraçado como funciona a memória gustativa.., só de olhar, me vem o sabor das balas de cevada…, eram uma delícia!!

O que valia também era a bagunça, os primos, a comilança.  Na Páscoa grega – que nem sempre caía no mesmo dia – a celebração era feita com a disputa entre ovos (de galinha) cozidos, que minha avó tingia de vermelho – cada um escolhia o seu e batia no ovo do adversário, tinha suas técnicas e truques claro…, fora aqueles que ‘roubavam’ e punham o dedo na frente na hora do ‘strike’.., o último ovo a ficar invicto era o campeão. 

Tenho saudades daqueles tempos…, nos divertíamos com coisas tão simples!

Hoje procuro dar um sentido maior a essas datas.  É claro que acabo caindo na armadilha do consumo, compro ovos de chocolate sim, poucos, para dar de presente.  Mas tento refletir no significado da data.

Quem me conhece sabe que não sou nenhuma carola de igreja, acho que me desiludi um pouco com as instituições; mas estudei em colégio de freira durante 12 anos da minha vida e minha família é de origem católica, as influências são inegáveis.

Páscoa tem um sentido de renovação, de morrer para viver, renascer. Talvez por isso o ovo – um símbolo de algo que está fecundado e vai nascer.  Acho que deveríamos aproveitar a ocasião para refletir – tirar forças do sofrimento para começar novas etapas na nossa vida, novos dias, resgatar sonhos e esperanças.  Fica aqui registrado então meu desejo a todos: que nessa Páscoa nosso espírito e metas sejam renovados com muita fé e esperança!

Bjs.., e manerem no chocolate, hein…, não comam tudo de uma vez!!!!

Van

Anúncios