Ontem faltou luz aqui em casa por cerca de 1 hora. Penso como a falta de luz, uma coisa tão, digamos assim, prosaica, típica de países do 3.o mundo, pode em fração de segundos levar toda a tecnologia alcançada nesses últimos anos por água abaixo..

Sem luz, nada de internet, tv a cabo, notebook e celular por apenas algumas horas, até que a bateria descarregue.., não dá pra ler, bordar, não dá pra fazer NADA!! E é aí que nos confrontamos com nosso ‘eu’ mais verdadeiro.., à luz de velas!! Quer coisa mais romântica e aconchegante?

Aproveitei para testar minhas últimas criações, luminárias que são pequenas casinhas – acendi algumas e voilá! Uma pequena cidade de duendes apareceu… algum dia ainda vou escrever sobre as miniaturas, como elas nos transportam para um pequeno mundo imaginário, de fantasia, e do ‘brincar’.., de alguma forma nos tornamos crianças de novo. E nesse mundo podemos tudo.

É fácil imaginar os pequenos habitantes dessa cidade andando pelas ruelas, com pacotes de pão debaixo do braço, correndo do frio para chegar em casa; através das janelas iluminadas, vejo famílias à mesa, comendo e se aquecendo à beira de uma lareira, e lá fora um céu estrelado. Crianças embaixo das cobertas, ouvindo os pais lendo histórias de bruxas e monstros.  Será que esse universo ainda existe? Pelo menos, na minha mini-cidade de sonho!

Anúncios